segunda-feira, 25 de abril de 2016

Quando uma marca vira sinônimo de um produto



É Maizena ou amido de milho? Sucrilhos ou cereal? Cotonetes ou hastes flexíveis?
Esses são exemplos frequentes que a gente encontra nas listas de compras dos supermercados. E que comprovam como algumas marcas conseguiram ganhar o status de “produto”.
Esse fator pode acontecer devido a duas coisas. A primeira pode ser porque a marca deu início à categoria no mercado, por exemplo, o Band-Aid. Ou também, devido investimento que a marca teve na divulgação do produto.  
Ter sua marca conhecida como se fosse um produto, traz reconhecimento e legitimação, garantindo assim, um grande ganho no capital com investidores.

Ficou clara a importância da marca, né?! Agora, ficou claro como é importante ter a sua marca registrada? Não corra o risco de perder espaço no mercado e de ampliar seus negócios!




sexta-feira, 8 de abril de 2016

Coca-Cola disputa a palavra zero!





Em 2007, se deu início a uma grande disputa entre fortes concorrentes, isso porque a empresa Coca-Cola entrou com um processo para registrar a palavra Zero. A concorrente Dr Pepper Snapple Groups, que também possui em sua linha de produtos uma bebida com o nome zero, tenta desde então impedir que isso aconteça.
As duas empresas já abriram mais de 170 processos no escritório de marcas registradas norte-americano. Segundo informações, a decisão do escritório se libera ou não a Coca-Cola a registrar um numeral como marca própria deve ser anunciada até o meio do ano.
A disputa é devido ao sucesso que a palavra Zero traz aos produtos, já que o nome diet deixou de se tornar apelativo diante do consumidor. Pesquisas comprovaram esse pensamento, trazendo números que mostram um aumento de 6% nas vendas da Coca-Cola Zero e a queda de 5% da Coca Diet no ano de 2015.



Quer receber nossos posts por e-mail? Assine já!